Jahas

Nos cursos de música da RockSchool é oferecido um ensino personalizado e dinâmico, fornecendo os conhecimentos técnicos e teóricos necessários a um músico completo. Ao longo da formaçãoo serão estudados vários géneros musicais, o que permitirá desenvolver uma compreensão mais ampla e abrangente do instrumento.

O ensino de instrumento, individual, é altamente especializado e adaptado para servir as necessidades técnicas e criativas de cada aluno.

Na componente teórica, denominada de formação complementar, serão explorados temas como improvisação, composição, escrita e colaboração.

Para além da formação no instrumento e da carga teórica, também há uma ênfase nas tecnologias e equipamentos modernos: plataformas de gravação, efeitos, software de notação e outras ferramentas.

Através de workshops, masterclasses e atuações ao vivo, o aluno será orientado na criação de projetos independentes.

REPERTÓRIO

A RockSchool oferece aos alunos um vasto reportório nos mais variados estilos,pop, rock, metal, blues, country, funk, soul/r&b, latin, jazz e reggae,

Ao longo da formação é estudada uma coleção de temas dos maiores artistas contemporâneos dos diversos estilos, proporcionando aos alunos uma escolha alargada dos temas para o seu exame, como também a escolha do estilo com que se identifica, desenvolvendo uma compreensão profunda no mesmo.

PROGRESSÃO
PLANOS

Instrumento - 30min

Form.complementar - 45min

Combo - 60min

Instrumento - 45min

Form.complementar - 45min

Combo - 60min

Instrumento - 60min

Form.complementar - 60min

Combo - 60min

Instrumento - 30min

OU

Form.complementar - 45min

OU

Combo - 60min

CERTIFICAÇÃO

RSL Awards

CRÉDITOS UCAS

Os exames dos Graus 6, 7 e 8 atribuem até 30 créditos UCAS no final da formação, essenciais para prosseguir no ensino superior.

Responsive image
MÓDULOS

Quer estejas a dar os primeiros passos na guitarra ou pretendas avançar para uma educação mais elevada, cada Grau da Rockschool não só irá melhorar a tua capacidade de tocar, mas também aumentar a tua proficiência técnica e dar-te uma sólida compreensão teórica e de domínio do instrumento.

Nenhuma banda pode tocar sem um baixista que controle totalmente a melodia e o ritmo. À medida que progrides na tua formação, vais expandir a tua proficiência técnica, desenvolver uma sólida compreensão teórica e, em última análise, compreender o papel único do baixo no mundo da música contemporânea.

A Bateria é o alicerce e a base de toda a dinâmica da banda. Os bateristas pontuam, embelezam e lideram mudanças nas figuras rítmicas de cada faixa. Podem acentuar uma secção de sopros, seguir riffs de guitarra, imitar as linhas vocais e comandam a secção rítmica.

O programa de piano da Rockschool é um recurso essencial para os pianistas contemporâneos. Criado a pensar no músico contemporâneo, todos os futuros pianistas adquirem conhecimentos técnicos e teóricos necessários para tocar com confiança.

O programa de teclado da Rockschool é um recurso essencial para os teclistas contemporâneos. Criado a pensar no músico contemporâneo, todos os futuros teclistas adquirem conhecimentos técnicos, teóricos, de manipulação do som, troca de patches, camadas e splits necessários para preencher ao máximo o seu papel.

O programa de voz da RockSchool não só melhorará a tua capacidade de cantar, mas também expandirá a tua proficiência técnica, o teu domínio de teoria e a apreciação de algumas das canções contemporâneas mais influentes. Ao longo da formação também serás desafiado a aumentar a tua habilidade para escrever as tuas próprias canções.

Quer estejas a dar os primeiros passos na guitarra ou pretendas avançar para uma educação mais elevada, cada Grau da Rockschool não só irá melhorar a tua capacidade de tocar, mas também aumentar a tua proficiência técnica e dar-te uma sólida compreensão teórica e de domínio do instrumento.

O programa de Ukulele da Rockschool desenvolve técnicas específicas para equipar os alunos com a habilidade prática e conhecimentos teóricos para tocar ao mais alto nível, através de diversos estilos contemporâneos.

Os combos são um projeto que visa fornecer aos seus integrantes a experiência de trabalhar em conjunto. Dividem-se por estilos tão diversos como o Funk, Blues, Pop ou o Metal, e focam-se em reportórios dedicados à segunda metade do séc. XX, assim como o início do Séc. XXI. Apesar de serem no seu núcleo uma experiência curricular imprescindível, formam também projetos musicais com valor intrínseco e aos quais é sempre um prazer assistir em concerto.

FORMADORES
Thumbnail [100%x225]
Francisco Rua
Francisco Rua

Começou os seus estudos na área da guitarra clássica aos 10 anos de idade, e mais tarde descobriu a guitarra e baixo elétricos, assim como a guitarra acústica de cordas de aço. Estudou com nomes como Thomas Leeb ou Don Ross, e já frequentou formações com músicos como Guthrie Govan e Tom Quayle. Formou-se em Design de Som, tendo-se especializado na composição de música para Cinema. Já escreveu música para marcas como a Clinique ou a Schmitt+Sohn. Acabou por se afastar da área para se focar no ensino. Em 2010 editou o disco de guitarra a solo Pontes, e em 2018 Desassossego. Já apresentou a sua música um pouco por toda a parte.

Thumbnail [100%x225]
Pedro Vieira
Pedro Vieira

Licenciado em Educação Musical pela Escola Superior de Educação do Porto e em Produção e Tecnologias da Música pela Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo. Estudou na Academia de Música de Lamego, no Conservatório de Música do Porto e na Escola de Jazz do Porto. Atualmente para além da sua atividade como professor, participa em diversos projetos musicais como músico, produtor, engenheiro de gravação e mistura.

Thumbnail [100%x225]
Diana Martinez
Diana Martinez

​ Formada em Línguas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto estudou ainda na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto e no Complete Vocal Institute, de Catherine Sandolin, em Copenhaga. Canta e escreve na língua que a ensinou a cantar. Colaborou com artistas de renome nacional como Pedro Abrunhosa, Expensive Soul, Valete, We Trust e Souls of Fire, mas é com os The Crib que Diana procura o seu lugar na música portuguesa. Lançou em 2017 o seu primeiro disco de originais “How We Do It”.

Thumbnail [100%x225]
Alexandre Almeida
Alexandre Almeida

​ Guitarrista, Compositor e Produtor Musical. Estudou na Escola Profissional de Música do Porto no curso de guitarra clássica. Trabalhou com Pedro Abrunhosa e os Bandemonio, Fingertips, Ezspecial, André Indiana, Mundo Secreto, Alberto Indio, Weatherman,Turbojunkie, Jorge Cruz, Manoel de Oliveira, El Comediants, Nuno Ribeiro, Delta blues riders ,entre outros...

Thumbnail [100%x225]
Marco Lopes
Marco Lopes

Marco Lopes é músico, professor/educador na área da bateria na JAHAS-Rockschool Porto. Iniciou o seu percurso na música aos 14 anos, sendo o seu primeiro instrumento o saxofone, ingressou com 15 anos no Conservatório Regional de Gaia onde completou o 5º grau. Em 1998 iniciou os estudo de bateria, tendo aprofundado este novo percurso ,estudando com alguns bateristas portugueses de renome. Em 2006 ingressou na escola de Jazz do Porto onde estudou combo e harmonia com o professor Pedro Barreiros. Em 2010 ingressou na ESMAE onde frequentou o curso de Jazz – Variante Bateria, tendo estudado com o mestre Michael Lauren. Estudou ainda em contexto masterclass com bateristas tais como: Peter Erskine, Billy Cobham, Alexandre Frazão entre muitos outros.

Thumbnail [100%x225]
André Hollanda
André Hollanda

Começou, por um acaso, aos 15 anos com concertos regulares todos os fins de semana. Autodidacta, estudou uns anos mais tarde com Brendan Hemsworth, Koen Van Esch e Michael Lauren. Tocou com ZEN, Jorge Palma, GNR, X-Wife, Mind Da Gap, André Indiana, Sizo, CRU, entre outros. Gravou discos com ZEN, Jorge Palma, André Indiana, Carlos Ann, CRU e a Missa Do Galo de Carlos Tê. Partilhou o palco com artistas como Rage Against The Machine, Stone Temple Pilots, Queens Of The Stone Age, Jamiroquai, Arctic Monkeys, Franz Ferdinand, Robert Plant, Xutos & Pontapés, Clã, Ornatos Violeta, Da Weasel ou Mão Morta. Trabalhou em música para peças de teatro, documentários e exposições de arte. Frequentou a Escola Profissional De Música de Espinho e tirou o Master De Produção Musical na Microfusa, em Barcelona. Deu aulas de Produção Musical na Universidade Católica Portuguesa, Porto.

Thumbnail [100%x225]
Nuno Fernandes
Nuno Fernandes

Músico e professor com vasta experiência no panorama musical, iniciou o seu percurso, em 1992, no Conservatório de Música de Barcelos sob a orientação do professor Vítor Gandarela. Demonstrou desde cedo fascínio pela música improvisada e o estudo de harmonia, e em 2005, ingressa na Escola de Jazz do Porto, orientado pelo professor Carlos Mendes. Segue-se, em 2007, a Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto, onde teve aulas com Nuno Ferreira, Afonso Pais e Paulo Perfeito, entre outros. Concluiu em 2013, com Mérito, o curso de Music Performance no London Centre of Contemporary Music, em Londres, onde teve oportunidade de estudar com Blake Wilner, Julian Burdock, Camelle Hinds, Ed Speight e Tommy Emmerton e aprofundou os seus conhecimentos em estilos contemporâneos como o Blues, o Funk, o Soul, o Rock e o Pop. Participou em diversas masterclasses e workshops orientados por Brad Shepik, John Ellis, Orrin Evans, Frank Gambale, Yuri Daniel, Luís Figueiredo, entre outros. Músico profissional activo desde 1996, colabora regularmente com inúmeros projectos e formações, desde duos a big bands e nas mais diversas áreas. Mantém a sua actividade como professor de guitarra, desde 2001.

Thumbnail [100%x225]
Rogério Ribeiro
Rogério Ribeiro

Iniciou os seus estudos musicais na Banda Musical de Pevidém. Frequentou o Conservatório de Música das Caldinhas, onde foi aluno de José Macedo e o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga. Terminou a licenciatura do curso de Jazz da Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo no ano lectivo de 2004/05, onde foi aluno do trompetista Laurent Filipe. Frequentou diversos workshops com reconhecidos instrumentistas como Cecil Bridgewater, Eric Poirier, Herb Robertson, Rosário Giuliani, Nick Marcioni entre outros. Integra e participou em todas as gravações da Orquestra Jazz de Matosinhos, e colaborou em várias formações, como o Decateto de Carlos Azevedo, com quem gravou a “Lenda”, o sexteto de Paulo Perfeito, com a gravação de “Bodhi Suite”, o Aretha Franklin Tribut, entre outros. Com o guitarrista Kurt Rosenwinkel resultou a gravação de Our Secret World (WomMusic, 2010) lançado nos EUA e editado em Portugal em 2011 com a cantora Maria João, Amoras e Framboesas.

Thumbnail [100%x225]
André Lacerda
André Lacerda

Licenciado em Música, variante Canto, pela Universidade de Aveiro e mestre em Interpretação Artística e Ensino da Música pela ESMAE. Participou em diversos espectáculos musicais como Jesus Christ Superstar, Um violino no telhado, West Side Story, Annie, Aladdin, A ilha do tesouro, Rock – o som do Natal, O meu pé de laranja lima, A estrela, O feiticeiro de Oz, O sítio do pica-pau amarelo, entre outros. Colabora regularmente com várias orquestras e produtoras nacionais e internacionais.

Thumbnail [100%x225]
Jorman Torres
Jorman Torres

Aos 5 anos inicia os estudos musicais (em flauta) com o seu pai Eladio Mujica, atual diretor do Conservatorio Superior de Música Juan Jose Landaeta. Aos 7 anos integra El Sistema, fazendo parte da orquestra infantil, e começa os estudos de violino com a professora Susan Siman, fundadora do El Sistema e atual diretora da Siman Orchestral Foundation. Aos 11 anos ingressa no Conservatorio Superior de Música Simón Bolívar com o professor Ulises Ascanio (também fundador do El Sistema). Aos 15 anos passa a fazer parte da Orquestra Filarmónica Nacional de Caracas, sendo o membro mais jovem numa orquestra profissional. Simultaneamente integra o corpo docente da Orquestra Infantil do El Sistema em Los Teques. Aos 17 anos vence o concurso dos primeiros violinos na Orquestra Municipal de Caracas e inicia estudos com o maestro Jose Francisco del Castillo na Academia Latinoamericana del Violin. Aos 20 anos ingressa na Mozarteum Venezuela, na turma da prestigiada professora Virginie Robillard atual profesora do conservatoire superieur de musique de laussane, suisse. Aos 24 anos entra no Conservatoire Superior de Musique de Genève, onde faz cursos em pedagogia, composição, música de câmara (com viola de arco) e violino, e obtém o diploma de solista e o prémio Maggy Breitmeyer como melhor solista do ano. . Atualmente faz parte do staff da Orquestra Sinfónica da Casa da Música, quarteto Verazin, Quinteto "Tango Sensations", segundo concertino da orquestra clasica do centro e professor de violino da academia JAHAS.

Thumbnail [100%x225]
MIZE BARROS
MIZE BARROS

Natural do Porto, inicia os seus estudos musicais aos 4 anos no Curso de Música Silva Monteiro na classe de piano com Sofia Matos Alvim, e onde concluiu o curso geral de piano. Licencia-se em Educação Musical na Escola Superior de Educação do IPP. Inicia-se na docência na mesma escola, em 1987. Foi e é docente em vários estabelecimentos de ensino de referência na cidade do Porto, sejam vocacionais do Ensino da Música, em várias vertentes que vão do Clássico ao Pop/Rock, e em escolas de ensino regular privados, como professora de Piano, Formação e Expressão Musical, Coro, Classes de Conjunto, abrangendo valências desde a Creche ao 2º ciclo. Nas áreas da música e da pedagogia frequenta vários Workshops, Cursos e Formações nacionais e internacionais, de Pedagogia Musical, Musicoterapia, Novas Metodologias e Tecnologias da Música, Dança, Teatro e Ciência. Mais recentemente integrada em projetos internacionais como a GSO - Global Science Opera implementando as metodologias WASO – Write a Science Opera e STEAM – Science Tecnology Engineering, Art and Math em parcerias como a ESA - European Space Agency, Reseo ou o planetário do Porto. Participa em vários e diversificados projetos, na sua maioria como parte integrante das atividades pedagógicas e interdisciplinares das escolas onde leciona, tais como os Musicais – como autora e compositora ou adaptando as letras e guiões para português como “Um Conto de Natal”, “Feiticeiro de Oz” ou “Robin Hood” entre outros e também Sessões para bebés “Olarékiku” com originais seus.

Thumbnail [100%x225]
Francisca Tadeu
Francisca Tadeu

Inicia os seus estudos na Academia de Música de Vilar do Paraíso, concluindo o Curso Secundário de Música com Joaquim Pereira. Termina a licenciatura em flauta em 2016, na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, na classe de Raquel Lima, seguindo-se o Mestrado em Interpretação Artística (2018) e o Mestrado em Ensino da Música (2019). Enquanto instrumentista, colaborou com as Orquestras Sinfónica e de Sopros da ESMAE, Orquestra de Guimarães, Orquestra da Costa Atlântica e Orquestra Sine Nomine e em diversas formações de Música de Câmara. Em julho de 2018, apresenta na Academia de Flauta de Verão, em Tomar, a sua monografia intitulada A Simbiose entre a flauta e a voz. Em 2020 conclui a Formação de Técnica de Terapia Não Verbal (níveis ministrados por Margarida Rocha e Rolando Benenzon), tendo realizado em 2019 uma comunicação nas Primeiras Jornadas Europeias da Terapia Não Verbal Benenzon sobre a Terapia Não Verbal aplicada à Docência da Música.

Thumbnail [100%x225]
Silvia Gonçalves
Silvia Gonçalves

Professora de piano, estudou piano no Curso Silva Monteiro e canto no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian em Braga. Em 1994 ingressou na Universidade de Aveiro nos Cursos de Licenciatura ao Ensino de Teoria e Formação Musical, Licenciatura ao Ensino de Instrumento na área vocacional de Piano de Acompanhamento e mais tarde na área vocacional de Canto. Efetuou Cursos de Aperfeiçoamento com vários professores, entre os quais: Teresa Noronha de Matos, Vítor Gomes, Fernando Lapa, Álvaro Teixeira Lopes, Domingos Peixoto, João Pedro Oliveira, Nancy Harper, Isabel Malaguerra, Isabel Maia, António Salgado, António Vassalo Lourenço, Isabel Alcobia.